Curso Projeto Fotográfico

Document1

início dia 22 de março

O curso decorre às quartas feiras, das 19.30 às 22.30 horas (final previsto outubro 2017) 

Inscrições

A inscrição tem o valor de 50 € (25 para sócios da APAF) e a mensalidade de 65 €. Para fazer a sua inscrição deve efetuar a transferência do valor do curso (50 inscrição + 65 euros da 1ª mensalidade, ou no caso dos sócios 25 + 65 euros) para o IBAN PT50001800000813512500178 /  NIB 001800000813512500178 e enviar-nos o respectivo comprovativo juntamente com a indicação do nome, morada, telefone e número de contribuinte para emissão de fatura, para secretaria.apaf@gmail.com 

O Curso de Projeto Fotográfico é uma ação de formação destinada a quem já possui as bases técnicas de fotografia, mas quer prosseguir os seus estudos numa vertente mais estética e de execução de projetos individuais de autor. É destinado a fotógrafos, gestores culturais e artistas em geral.

Ainda que não descure a parte técnica, a vertente predominante é a preparação e implementação de projetos individuais seja como exercício estético, seja com vista a uma exposição ou à edição. A orientação dos alunos é individualizada em função do projeto fotográfico escolhido.

Sendo um curso onde a componente estética predomina e onde a noção de construção de uma imagem está sempre presente, além de se reverem alguns conceitos da Iniciação, serão vistos e discutidos trabalhos de diversos fotógrafos, assim como os seus métodos de trabalho. É também um curso com uma forte componente prática e de debate. Pretende-se, com isso, que os formandos possam refletir sobre o acto fotográfico e, simultaneamente, explorem temáticas e situações visuais e emocionais que conduzam a um projeto que seja reflexo de uma linguagem contemporânea.

Sendo um curso com características estéticas acentuadas e visando a execução de um Projeto Fotográfico, o curso naturalmente incluirá uma componente estética, relacionada com a História de Arte em geral, composição clássica e contemporânea, educação visual e não apenas no campo da fotografia, e ainda uma componente de História da Fotografia, desde o período imediatamente antes do seu aparecimento até à atualidade. O curso inclui um programa de visitas a exposições, de acordo com o panorama expositivo do momento na zona de Lisboa e arredores.

Os formadores serão fotógrafos, críticos de arte e curadores.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Ano Letivo 2016 / 2017

1 – ESTÉTICA

1.1 – Composição Clássica. Regras da Composição Clássica na Arte, nomeadamente napintura, desenho e fotografia. As relações com outras formas de expressão artística.Enquadramento, luz, momento certo, ponto de vista, pontos dominantes, sentido deleitura, regra dos terços, pontos de quebra. Elementos prejudiciais na composição, asnoções de espaço, calma, dinamismo e equilíbrio/desequilibrio.

1.2 – Como analizar uma imagem. Como olhar para uma exposição.

1.3 – Novas linguagens da fotografia. A fotografia contemporânea. Tema, conceito e escala.

1.4 – A fotografia como obra de arte. Abordagem à História de Arte e sua relação com a fotografia. O valor comercial da fotografia de arte. Fotografia e cultura visual.

1.5 – A imagem e as várias perspectivas em que pode ser vista. A construção de uma narrativa fotográfica.

2 – HISTÓRIA DA IMAGEM FOTOGRÁFICA

2.1 – Os primeiros passos. Antes da fotografia.

2.2 – Os primeiros anos. A visão tecnológica 1839-1875. As limitações técnicas que influenciaram as opções estéticas.

2.3 – A plenitude do retrato 1839-1890.

2.4 – O documento. A fotografia de viagem e a paisagem 1839-1890.

2.5 – A fotografia e a arte.

2.6 – A nova tecnologia 1875-1925. Novos conceitos estéticos decorrentes das mudanças técnicas.

2.7 – A Arte Fotográfica. Os clubes e associações fotográficas em finais do século XIX. O Naturalismo e o movimento Picturalista.

2.8 – A magia da cor.

2.9 – Do Modernismo ao Construtivismo e ao Surrealismo.

2.10 – O documentalismo Social. A fotografia enquanto expressão política. As décadas de 30 e 40 na Europa e no mundo.

2.11 – Após 1945. Olhares europeus. A Fotografia Humanista e outros movimentos desta época.

2.12 – O papel dos Museus e das grandes instituições na formação das coleções de fotografia e na afirmação da fotografia enquanto arte.

2.13 – Os novos projetos fotográficos das décadas de setenta e oitenta.

2.14 – A fotografia hoje – fronteiras e limites

2.15 – Novos olhares em Portugal

3 – O PROJETO FOTOGRÁFICO

3.1 – O portefólio e o curriculum;

3.2 – As fases de desenvolvimento de um projeto. A abordagem técnica, estética e de pesquisa. Definição de objetivos e retorno artístico;

3.3 – Questões de financiamento do projeto. A apresentação de propostas a mecenas e patrocinadores;

4 – A EXPOSIÇÃO

4.1 – A seleção das imagens e o discurso artístico a adotar. O que não fazer;

4.2 – A preparação do local. Circuito e ritmo expositivo. Imagens e escala. Barreiras arquitetónicas. Impressão laboratorial e iluminação. Escala e suporte.

4.3 – A apresentação das imagens e o recurso a elementos comunicativos;

4.4 – Press-releases e divulgação;

5 – VISITAS DE ESTUDO E DEBATES

Aconselhamos os alunos a incluírem no seus plano de estudos as visitas de estudo e a presença em colóquios ou debates promovidos pela APAF.

Anúncios