Diafragma – Covilhã International Photofestival

Fotografia Duarte Belo

Até 6 de junho continua a decorrer na Covilhã o Diafragma – Covilhã International Photofestival. Com exposições na Casa da Cultura José Marmelo e Silva, no Museu de Lanifícios e na Tinturaria, a iniciativa que conta também com um ciclo de cinema e mesas redondas.

Dos autores apresentados não podemos deixar de destacar Duarte Belo (Lisboa, 1968), com notáveis trabalhos de documentalismo paisagístico, onde ressalta a qualidade técnica traduzida numa extensa escala de cinzas, e estética, pela força das suas imagens. Diríamos que é uma exposição a não perder. Também no Festival destaque para os trabalhos de Luísa Ferreira, Mónica Miranda ou Lara Jacinto, também muito focada nos projetos documentais, aos quais junta questões sociais, territoriais ou de emigração. A propósito do seu trabalho, deixamos aqui um vídeo do blog EFECETERA, da série fotografia portuguesa. Pode ainda ver na Covilhã outros fotógrafos como Jorge Bacelar ou Júlio de Matos, de quem aqui já falámos em ambos os casos.

Hoje, às 21.30 h, também decorre uma mesa redonda sob o título Livros de Fotografia: ficção ou realidade com Rui Prata, Jorge Velhote e Manuela Matos Monteiro.

O programa pode ser visto aqui.

Fotografia Lara Jacinto
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.