A fotografia de Manuel de Oliveira

A Fundação de Serralves disponibilizou o registo de uma das suas sessões do Ciclo Conversas com Serralves: A propósito da produção fotográfica de Manuel de Oliveira, realizada em fevereiro passado. A conversa, agora disponibilizada, teve a participação de Emília Tavares, conservadora e curadora para a área da Fotografia e Novos Media no Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, e António Preto, diretor da Casa do Cinema Manoel de Oliveira.

A produção fotográfica de Manoel de Oliveira abre novas perspetivas sobre o seu cinema, aqui se abordando o posicionamento de Oliveira em relação ao salonismo, à sua prática experimentalista e à relação da fotografia com o meio artístico da época. Serralves lembra-nos o importante papel da fotografia no percurso de Manuel de Oliveira pelo desenvolvimento de uma linguagem visual própria, ao mesmo tempo que convida à reavaliação crítica do papel dos fotógrafos amadores e dos salões de fotografia no debate e na circulação internacional de ideias e processos fotográficos.

Com imagens que identificamos com o surrealismo, com o construtivismo ou com outros movimentos, reflexos de uma procura constante, esta conversa permite-nos não só compreender a sua obra, o seu trabalho de luz e a fotografia da época. Uma excelente abordagem à História da Fotografia portuguesa. Para ver aqui.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.