Simpatia pelo que se acrescenta ao já existente sentimento de inquietação, de Paulo Paz na Galeria Arte Graça

Até 25 de outubro, na Galaria Arte Graça, em Lisboa, Paulo Paz, apresenta-nos Simpatia pelo que se acrescenta ao já existente sentimento de inquietação, reflexo de período de tempo marcado pela ação populista crescente na sociedade portuguesa, culminando com o aparecimento da pandemia do  Covid-19. O aproveitamento do medo e a manipulação das massas é uma questão crucial para o autor, estando presente nas imagens.

A mostra é composta por um conjunto de estudos (fotocópias, grafite, riscos, cortes) rasgados, colados e montados em grupos bem definidos. O suporte é a fotografia e sua falsa realidade. O horizonte do Atlântico é abordado de diferentes maneiras e a imagem de continuidade no tempo – simpatia pelo que se acrescenta ao já existente sentimento de inquietação – é-me dada pela longevidade do mar, como uma utopia, um infinito inalcançável, um perfeito vazio. Os locais de captação foram escolhidos com uma intervenção sócio cultural bem definida.

A exposição pode ser visitada de terça a domingo das 10 às 20 horas, e a Galeria Arte Graça  fica na rua da Graça 29.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.