São Pessoas, de Adriano Miranda e Paulo Pimenta, em exposição e em livro

Captura de tela 2020-01-15 às 15.26.47

Fotografia Adriano Miranda

Foi apresentado há dias, no Mira Fórum, no Porto, o projecto São Pessoas, dos fotojornalistas Paulo Pimenta e Adriano Miranda.

De acordo com os autores, São Pessoas é “um ensaio fotográfico centrado no ser humano, na sua dignidade enquanto indivíduo“, com pessoas que nos olham olhos nos olhos, apresentado em livro e numa exposição, que ficará patente no espaço Mira Fórum, no Porto. Sobre um dos objetivos deste trabalho, referem os autores o de alertar para situações de pobreza, algumas vezes escondida, extrema e dramática, não deixando de fora algumas situações de precariedade e de exclusão.

Numa entrevista à Lusa Paulo Pimenta refere que “a ideia surgiu quando nos apercebemos que andávamos os dois a fazer trabalhos sobre pobreza. Numa conversa na redação, decidimos, então, avançar para um projeto pessoal que nos levou a percorrer todo o país para contar histórias de pessoas, de todas as idades e de várias áreas, a viver situações difíceis”.

Recorde-se que em entrevista publicada há dias na Aveiro Mag Adriano Miranda assumia a sua atividade de fotógrafo como “uma missão, uma forma de denunciar as injustiças do mundo” e por isso “enquanto houver miséria e injustiças no mundo terei sempre algo para fazer”.

No livro, Adriano Miranda e Paulo Pimenta apresentam-nos 32 pessoas, residentes em vários pontos do país, que vivem em situação de pobreza, de isolamento e de exclusão. Colaboraram também neste projeto os jornalistas do Público Ana Cristina Pereira, Camilo Soldado, Patrícia Carvalho e Mariana Correia Pinto.

Captura de tela 2020-01-15 às 15.27.28

Fotografia Paulo Pimenta
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.