Imagem/técnica, os inventários de Emilio Biel, no Porto

Captura de tela 2019-06-14 às 15.56.08

Decorre amanhã, sábado, a partir das 16 horas, uma visita guiada à exposição Imagem/técnica, os inventários de Emilio Biel. A visita será guiada por Susana Lourenço Marques, curadora desta exposição.

A exposição está integrada na Bienal de Fotografia do Porto, iniciativa da Ci.CLO, e apresenta nove álbuns fotográficos de grande formato, com as imagens dedicadas à construção das grandes obras de engenharia, que Biel realizou e publicou através da sua casa editorial e ainda uma seleção de imagens fotográficas realizadas a partir das matrizes originais da Casa Emílio Biel & Ca., pertencentes ao acervo do fotógrafo Virgílio Ferreira. É um raro conjunto de nove álbuns fotográficos, parte dos quais expostos pela primeira na Exposição Universal de Chicago (1893) e na Exposição Universal de Paris (1900) — de que se destaca os Caminhos de ferro do Douro, Minho e Beiras, ou a construção da Ponte Maria Pia e do Porto de Leixões — que revelam uma paisagem acabada de ser ocupada pela tecnologia, preenchida de detalhes cenográficos feitos com as personagens que nela se movem a vapor pela primeira vez.

Diz-nos a informação desta exposição que “na segunda metade do século XIX multiplicam-se pela Europa as reportagens fotográficas dedicadas à construção das grandes obras de engenharia, como a construção dos caminhos de ferro ou a modernização dos portos marítimos. Este levantamento fotográfico documenta a revolução da mobilidade e a definição de uma rede de ligações que modifica e reorganiza a política e a economia do território. Em Portugal, o mais activo protagonista destas campanhas é o fotógrafo, editor e empresário alemão Emílio Biel, responsável por um dos mais extensos levantamentos iconográficos do território português neste período“.

A exposição está patente no Pavilhão de Exposições da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

 

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.