Leonel de Castro venceu o Pªrémio Estação Imagem

almas_leonelcastro

Fotografia Leonel de Castro, do projeto Almas

O fotojornalista Leonel de Castro, da agência Global Imagens,  venceu o Prémio Estação Imagem 2019 com o trabalho Almas. Obteve ainda o Prémio Fotografia do Ano com Mulher Berber.

Foi no passado sábado, em Coimbra, que foram anunciados os premiados sendo destacada a sua “busca pela verdade” e a intimidade das suas imagens no projeto levado a concurso por Leonel de Castro. Na base do projeto fotográfico Almas estão pessoas que abdicaram de carreiras profissionais e que com sacrifício pessoal cuidam a tempo inteiro de doentes ou pessoas com limitações fisícas e psicológicas.

Outros trabalhos premiados foram Esperança e Crença de Gonçalo Lobo Pinheiro, com uma menção honrosa, e Transfer, de Óscar Corral, igualmente menção honrosa e que aborda a questão dos migrantes que chegam à Europa. Por sua vez, o Prémio Europa foi para o trabalho Romeiros de Rui Oliveira, uma reportagem sobre os romeiros da ilha de S. Miguel. Mário Cruz, que neste momento tem uma exposição em Algés, foi premiado na categoria Ambiente, com Viver entre o que é deixado para trás, que aborda a poluição e a sobre-povoação em Manila. Por seu turno, João Porfírio, venceu a categoria de Notícias com A imagem do terror sem som, uma reportagem tendo como tema os incêndios que devastaram a serra de Monchique. Otávio Passos venceu em Arte e Espetáculos com É uma questão de Fé e Desporto com Canhão da Nazaré. Refira-se que nesta categoria Eduardo Leal com Dentro do Ringue mereceu uma menção honrosa. Volta ao Mundo de uma Família Açoriana foi a vencedora da categoria Vida Quotidiana, uma reportagem de Arlindo Camacho, feita em Janeiro de 2018 em torno da viagem de circum-navegação à vela de uma família dos Açores. Por último, na secção de Retrato, Ricardo Lopes venceu com  Torre – viver na escuridão, uma reportagem sobre o bairro da Torre e Tono Arias obteve uma menção honrosa com Encarnados.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.