Uma coisa, de José Pedro Croft no Ípsilon

Captura de tela 2018-07-04 às 15.50.39

O suplemento Ípsilon do jornal Público publicou uma entrevista de Sérgio C. Andrade com José Pedro Croft, atualmente com uma exposição apresentada na Galeria Municipal de Matosinhos e com curadoria de Delfim Sardo. Uma coisa, assim se chama esta apresentação, foi o mote para José Pedro Croft falar da sua visão sobre a arte e este seu trabalho em particular, destacando nós uma frase que se aplica não apenas ao seu trabalho, mas a todas as exposições, incluindo a fotografia: “para mim, expor uma obra não é simplesmente colocá-la no espaço, é ver como ela o trabalha, como interage, como é acolhida pelo chão, pela parede, pelo tecto, pela luz”. Para ler aqui.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.