Gonçalo Gouveia

42914352_2196555870589813_247342141464903680_o

Fotografia Gonçalo Gouveia

Num artigo de Inês Ribeiro é-nos apresentado o trabalho de Gonçalo Gouveia, onde se destaca a sua paixão por locais abandonados. As imagens fazem-nos recuar a 1944, em plena Segunda Guerra Mundial, data em que numa aldeia francesa as SS alemãs entraram na aldeia de Oradour-sur-Glane, em França, e mataram 642 pessoas entre homens, mulheres e crianças. Foi um dos mais violentos massacres nazis que terminou com o saque da aldeia, ficando a aldeia totalmente destruída. O fotógrafo Gonçalo Gouveia visitou a aldeia e falou em entrevista à jornalista. O resultado pode ser visto aqui.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.