Dever de Memória – da Infâmia à Esperança, de Adriano Miranda e Nuno André Ferreira

dever de memoria

Tem o nome de Dever de Memória – da Infâmia à Esperança e é o nome que os fotojornalistas Adriano Miranda e Nuno André Ferreira deram à exposição patente em Viseu, e ao livro que a acompanha, numa iniciativa do município de Viseu. A exposição, que retrata os incêndios dos dias 15 e 16 de outubro de 2017 na região Centro. está patente na Quinta da Cruz, em Viseu, e dia 10 de novembro, pelas 15.30 h, haverá uma visita guiada à exposição conduzida pelos autores.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.