Em Cascais

Captura de tela 2018-10-17 às 17.35.35

Numa iniciativa da Câmara Municipal de Cascais e da Fundação D. Luís I, Cascais criou a Cátedra Interartes. Tendo por pano de fundo o Bairro dos Museus, a Cátedra assume como missão promover e apoiar iniciativas que visem contribuir para a divulgação da obra de um conjunto de destes cujas obras se caracterizam por um cosmopolitismo e por uma urbanidade indissociáveis da forma como nelas são convocadas outras expressões artísticas. De novo, e pelo segundo ano consecutivo a Cátedra Cascais Inteartes atribui uma bolsa no valor de cinco mil euros, para uma investigação aprofundada sobre as obras de Ana Hatherly, Bartolomeu dos Santos, Branquinho da Fonseca, David Mourão-Ferreira, Fernando Lopes-Graça, Herberto Helder, João Abel Manta, João Gaspar Simões, Maria Archer, Maria de Lourdes Martins, Mário-Henrique de Leiria, Ruben A. e Michel Giacometti. Assim, no próximo dia 20 de outubro e 17 de novembro realizam-se duas conferências, tendo por tema de trabalho respetivamente Mário Dionísio e David Mourão Ferreira, proferidas por José Manuel Mendes e Pedro Ferré.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.