Encontros da Imagem, em Braga

Captura de tela 2017-09-26 às 18.19.59

António Guerra, Encontros da Imagem, 2017

Em Braga a cidade vive a fotografia. São 55 autores, em 49 exposições, distribuídas por 19 espaços, que até 29 de outubro trazem à cidade uma vida cultural que é uma referencia no país.

Recorde-se que a primeira edição do Festival ocorreu em 1987, sendo esta aquilo que os organizadores chamam de “edição de celebração”. Com um rico programa expositivo, que inclui nomes como Dorotea Lange, Ouka Leele, Walker Evans, Russell Lee, Jack Delano, Antoine d’Agata, António Guerra, Erica Nyholm, Andreas Tchersich, ou de portugueses como Rita Castro Neves, Fernando Brito, João Mota da Costa, Tânia Cadima, Nuno Andrade, David Infante, entre muitos outros.

Captura de tela 2017-09-26 às 18.19.41

Erica Nyholm, Encontros da Imagem, 2017

Segundo a organização “os Encontros da Imagem foram-se redefinindo progressivamente para se adaptar aos desenvolvimentos estéticos e formais da fotografia criativa que constitui o objeto central do acontecimento”. Hoje, os Encontros da Imagem, são hoje uma referência da cultura fotográfica em Portugal, tendo alcançado uma posição de destaque no panorama internacional.

Numa edição em que a ausência de um tema específico é assumida como propositada por ser uma edição de celebração dos seus 30 anos de existência, os Encontros estendem-se ao Porto, Barcelos, Guimarães e Vila Nova de Famalicão.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.