Paulo Nozolino na PhotoEspaña

Captura de tela 2017-06-09 às 15.39.28

O jornal Público, no seu suplemento Ípsilon traz hoje um longo e excelente artigo de Sérgio B. Gomes tendo por pano de fundo a PhotoEspaña, um dos grandes festivais de fotografia europeus, cuja edição deste ano decorre até 27 de agosto.

Nesta edição destaque para a presença de Paulo Nozolino, apresentado no círculo de Bellas Artes com Loaded Shine, um conjunto de duas dezenas de fotografias, captadas entre 2008 e 2013 em Nova Iorque, Lisboa, Berlim e Paris e ainda em algumas zonas rurais de Portugal e França.

Nozolino é uma preferência do fotógrafo Alberto Garcia-Alix, comissário da exposição, que destaca a carga emocional que as imagens comportam, e a atitude do fotógrafo em nos obrigar a perceber as imagens que observamos. Há, como se afirma no texto, uma preocupação com o que “está prestes a desaparecer; uma reflexão sobre o estado do mundo; uma denúncia da violência e do esquecimento; uma relembrança da história e dos erros do passado (…) uma teimosia em mostrar aquilo a que já não se dá atenção; uma consciência da finitude”. E tudo isto tendo por base uma preocupação do fotógrafo com o tempo que já hoje não buscamos em observar e contemplar. Esta entrevista é muito mais do que falar sobre a fotografia de Paulo Nozolino, é principalmente refletir numa atitude perante o ato de observar, sentir e fotografar. Uma excelente lição para quem quer ver e sentir a fotografia. O artigo pode ser lido na íntegra em https://www.publico.pt/2017/06/09/culturaipsilon/noticia/um-fotografo-a-por-areia-na-engrenagem-1774596

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.