Daqui parece uma montanha, na Fundação Gulbenkian

Document1

Daqui parece uma montanha é a exposição patente na Fundação Calouste Gulbenkian até 21 de setembro. Com curadoria de Luísa Santos, Daqui parece uma montanha parte de uma metáfora de três países europeus pequenos com vizinhos maiores. Esta exposição toca em ambivalências como o parecer e o ser, o desejar e procurar uma realidade diferente, aparentemente maior e melhor, e o voltar à zona de conforto. Daqui parece uma montanha conta com trabalhos de AVPD, Ann Louise Overgaard Andersen, Claudia Larcher, Dalila Gonçalves, Gregor Graf, Jeppe Hein, Katharina Lackner, Miguel Palma, Nuno Cera, e Tove Storch.

Esta entrada foi publicada em Notícias. ligação permanente.