Condor, o novo livro de João Pina

Captura de tela 2014-08-25 às 16.46.19

João Pina (Lisboa, 1980), com formação no International Center of Photography, membro do coletivo Kameraphoto e com trabalhos publicados um pouco por todo o mundo, acaba de lançar Condor.

Foi há nove anos atrás que João Pina decidiu fazer um trabalho sobre a Operação Condor, uma operação que, depois de 1975, uniu os serviços secretos da Argentina, Uruguai, Brasil, Paraguai, Chile e Bolívia, no sentido de extreminar toda a oposição política aos regimes então vigentes e que custou a vida, calcula-se, a mais de 60 000 pessoas.

João Pina passou estes últimos nove anos a investigar, a mergulhar em arquivos, a visitar locais ou a entrevistar sobreviventes ou familiares de muitos dos que então foram presos. O seu trabalho, mais do que um trabalho fotográfico, é também uma tomada de posição e uma chamada de atenção para o valor da Liberdade e dos Direitos Humanos. É também o valorizar da memória fotográfica, aliás na linha de Por Teu Livre Pensamento (Assírio & Alvim, 2007), ligando o passado à atualidade, assumindo o papel de nos contar a sua visão da História, com a preocupação de nunca a esqucermos. Aliás, é o próprio autor que na apresentação assume que Condor é um tributo à memoria das vítimas da Operação Condor.

Captura de tela 2014-08-23 às 16.20.38

O livro, que será editado em português, espanhol e inglês, assume uma perspetiva historicamente alargada do que foi a Operação Condor. A edição portuguesa, a cargo da Tinta da China, está prevista para setembro. Se quiser espreitar o livro ou encomendá-lo, pode fazê-lo em http://condorbook.joao-pina.com/ e se pretender ver outros trabalhos de João Pina, pode aceder ao seu sítio na internet em http://www.joao-pina.com/

Esta entrada foi publicada em Notícias, Uncategorized. ligação permanente.